Seleção feminina leva gol no fim e perde para a Dinamarca em Copenhague

No primeiro dos dois amistosos na Europa, a seleção brasileira feminina perdeu para a Dinamarca por 2 a 1 nesta sexta-feira, em Copenhague. Thomsen abriu o placar no primeiro tempo, Debinha igualou para o Brasil aos 41 minutos do segundo tempo mas Gejl decretou a vitória das donas da casa aos 45. Na próxima terça-feira, o Brasil vai enfrentar a Suécia, em Estocolmo, encerrando o giro europeu antes do início da disputa da Copa América.

PRIMEIRO TEMPO DIFÍCIL

Depois de um início animador, com o time marcando alto e incomodando a Dinamarca, a seleção brasileira se perdeu após sofrer o gol de Thomsen, logo aos 16 minutos. Um gol que já apontava um problema da equipe de Pia Sundhage: erros de passe e falta de compactação: Fê Palermo perdeu no meio do campo para Pernille Harder, que tocou para Thomsen chutar da entrada da área, no ângulo de Lorena. O Brasil pouco atacou, e na melhor chance, aos 26, Debinha chutou para fora após entrar na área em jogada individual. Já a Dinamarca seguiu levando perigo até o intervalo

EQUILÍBRIO NO SEGUNDO TEMPO

Com muitas mudanças ao longo do segundo tempo, o Brasil passou a dominar o jogo, criando diversas chances de empatar. Na mais clara, aos 11, Christensen espalmou o chute de Bia Zaneratto, Debinha pegou a sobra e cruzou para Bia cabecear na pequena área mas a zaga dinamarquesa cortou. O empate saiu quando o Brasil já não apertava tanto, em jogada individual de Debinha, que aproveitou falha de Veje na defesa, entrou na área, driblou Boye e marcou de canhota. Mas a defesa voltou a dar espaço para a Dinamarca e, após driblar Fê Palermo, Nadia Nadim encontrou Gejl livre na área para fazer o gol da vitória.

QUEM VAI VENCER ESSE JOGO?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.