Dani Alves talvez não consiga uma vaga na Copa do Mundo

Mesmo que tenha 39 anos, um leão continua sendo um leão. Foi com essa frase — e algumas sutilezas próprias — que Daniel Alves fechou a mensagem de despedida do Barcelona. O lateral-direito deu o recado: quer continuar na ativa. Sua prioridade é estar na Copa do Mundo no fim do ano.

Para conseguir isso, ele precisa continuar disputando competições de alto nível pelos próximos cinco meses — a Copa começa no dia 21 de novembro. No momento o jogador está de férias.

A Copa do Mundo é o único título que falta na carreira de Daniel Alves, que tem mais de 40 no currículo. Ele ficou fora da edição de 2018, na Rússia, por sofrer lesão no joelho direito na final da Copa da França da temporada 2017/18, quando estava no Paris Saint-Germain.

Daniel Alves retornou ao Barcelona em novembro do ano passado, com contrato válido até o final da temporada. Ele deixou claro na apresentação que um objetivo “muito claro” era disputar a Copa no Catar.

A reestreia não-oficial foi no amistoso contra o Boca Juniors, com atuação que empolgou a imprensa espanhola. Depois disso, ele disputou 17 partida oficiais pelo Barcelona, sendo titular em 16 — como nos clássicos contra Atlético e Real Madrid. Marcou um gol e deu quatro assistências. Esteve em campo 81,8 minutos em média.

Daniel Alves colaborou no processo de reconstrução do Barça nas mãos de Xavi Hernández. O técnico o elogiou em entrevistas coletivas por ajudar os atletas mais jovens e ao mesmo tempo jogar bem quando acionado.

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.