Notícias

Túlio se revolta contra arbitragem e revela confissão de Rodinei: “Admitiu ao Barroca”

Depois da derrota para o Inter recheada de reclamações, o técnico Eduardo Barroca não concedeu entrevista coletiva. O Botafogo escolheu o gerente Túlio Lustosa como voz oficial para protestar contra as decisões do apito. Revoltado, ele chamou a equipe de arbitragem de parcial.

O primeiro lance que levantou polêmica foi aos 37 minutos do primeiro tempo, quando Rodinei colocou a mão na bola no meio de campo e cometeu a falta. Jogadores e membros da comissão técnica pediram o cartão amarelo para o lateral-direito, que seria expulso porque já havia sido amarelado um pouco antes. Caio Max Augusto Vieira não puniu o jogador e, para a comentarista de arbitragem Nadine Basttos, acertou em sua decisão.

  • Ele interrompe um lance promissor nosso. Estava amarelado e era o segundo cartão amarelo. O próprio Rodinei admitiu, disse isso ao Barroca na ida para o vestiário, e o Abel, muito inteligente, tirou no segundo tempo – reclamou Túlio na Botafogo TV.
  • Na nossa opinião, a arbitragem foi desastrosa e parcial. A começar pelo lance do Rodinei. Fico decepcionado com a atitude do árbitro, é uma regra muito simples – completou.

Categorias:Notícias

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.