Notícias

Arthur abre jogo sobre nova fase da carreira

Aos 24 anos, Arthur viveu seus últimos cinco meses de carreira entre erros e acertos. Ele mesmo admite. Em entrevista ao podcast Gringolândia, o volante da Juventus e da seleção brasileira reconheceu que deveria ter disputado a reta final da Champions pelo Barcelona, em agosto. Sofreu com a derrota para o Bayern. Mas, após três meses na Itália, o goiano vê que os acertos foram maiores.

O volante acredita que passa por uma grande mudança na vida. Ouve – e muito – os conselhos de Pirlo. Esperou um pouco para conseguir uma sequência de jogos como titular na Juve e agora tem que se adaptar. Especialmente ao novo estilo de jogo. Mas tudo mudou com a convocação para os jogos contra Venezuela e Uruguai, pela seleção brasileira.

– Eu acho que eu, Arthur, precisava disso. Realmente eu não estava com confiança muito boa, e a gente sabe que o jogador de futebol, sem confiança, não rende o mesmo. Foi fundamental. Foram duas semanas muito felizes para mim, porque queria muito essa convocação – declarou.

A ida para Turim também possibilitou ao volante ser o único brasileiro – além do naturalizado português Deco – a atuar com Messi e Cristiano Ronaldo. E ele não hesita em tirar proveito disso.

Categorias:Notícias

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.