atletico-mg

Atlético-MG cita escândalo na arbitragem

Em ofício à CBF, Atlético-MG cita “escândalo” na arbitragem e cobra resposta por pênalti não marcado


Em documento assinado pelo presidente e vice, enviado no domingo, Galo cita “sugestão de falta de isonomia” na atuação do VAR; e exige acesso aos áudios e vídeos da tecnologia de arbitragem

O VAR novamente é um ponto central no Campeonato Brasileiro. No último sábado, o Atlético-MG venceu o Corinthians, mas deixou o jogo em São Paulo cobrando um pênalti não marcado de Gil em Vargas no início da partida. A diretoria do clube mineiro fez um protesto formal na CBF, exigindo acesso às conversas da equipe de arbitragem no lance ignorado, bem como o afastamento dos árbitros. O ge teve acesso ao ofício (veja abaixo) encaminhado à CBF no domingo.

O duelo Corinthians 1×2 Atlético foi comandado por Rodrigo Dalonso Ferreira (SC) e teve Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ – no comando do VAR). No documento do Atlético, o presidente Sérgio Sette Câmara e o vice Lásaro Cândido (que assinam o texto), citam uma “sugestão de falta de isonomia” do árbitro de vídeo, uma vez que a atuação do VAR em lances do jogo Palmeiras x Fluminense foram divulgados.

Categorias:atletico-mg, Notícias

Marcado como:

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.