Noticias

Peseiro alimenta sonho de colocar Venezuela na Copa

Contratado em fevereiro pelo presidente da Federação Venezuelana de Futebol, Laureano González, que renunciou por questões de saúde – o substituto Jesús Berardinelli, de 61 anos, morreu de Covid-19 em agosto -, José Peseiro se tornou o primeiro português a dirigir a seleção vinotinto.

Última colocada nas Eliminatórias de 2018 – com 12 pontos ganhos em 18 jogos e apenas duas vitórias -, a Venezuela segue em busca de evolução no futebol do continente. É a única seleção sul-americana que nunca disputou uma Copa do Mundo – entre as 10 que participam das Eliminatórias.

A marca não assusta Peseiro, de 60 anos. O técnico concedeu entrevista ao ge por telefone, por volta das 22h da noite de terça-feira, depois de treinar a equipe no CT do Palmeiras. Ele foi técnico da seleção da Arábia Saudita – passou pela Espanha (foi auxiliar de Carlos Queiroz, atual técnico da Colômbia, no Real Madrid em 2002), Grécia, Egito, Emirados Árabes, Romênia e começou a carreira em clubes pequenos em Portugal até passagens por Porto e Sporting.

Se começou mal as Eliminatórias – derrota por 3 a 0 para a Colômbia fora de casa (Peseiro contou que teve sérias dificuldades para reunir todos jogadores) e para o Paraguai, 1 a 0 em Mérida, ele tem dimensão do desafio, mas perfeita noção do que precisa melhor na equipe.

  • Muita coisa deve andar junto, em termos de organização, de estrutura, condições de trabalho. Esse momento de pandemia provoca dificuldades, ainda mais num país que se encontra na situação da Venezuela, por causa do embargo. Mas acreditamos nesse sonho, não sei qual a percentagem de se classificar para o Mundial. É de 2%, 3%, 4%, 7%? Não é fácil fazer contas disso. O que vai fazer diferença é estarmos bem organizados dentro de campo, todos acreditarem que é possível, correr tanto ou mais do que o adversário. Não é possível, na Venezuela, que dois ou três vivam um dia ruim. É possível haver um dia ruim para jogadores de qualquer equipe, mas para a Venezuela não é possível. Podemos falar de favoritos como Brasil, Argentina, Colômbia, Uruguai… Peru esteve no último Mundial, Paraguai já esteve no Mundial – disse Peseiro.

Categorias:Noticias

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.