Brasileirão Série C

Técnico do Santa Cruz avalia positivamente novo formato da Série C

Prestes a estrear como técnico do Santa Cruz na Série C deste ano, Marcelo Martelotte fez uma avaliação sobre a mudança na fórmula da disputa. E, de acordo com o técnico, o novo modelo da Terceirona é mais justo, com uma maior possibilidade de reverter resultados ruins. Além disso, comentou sobre a força que o Tricolor apresenta na fase de mata mata; dessa vez, sem o apoio presencial da sua torcida.

Acho positivo e muito justo que você jogue uma fase mais longa, se classifique em primeiro lugar do seu grupo e depois enfrente o quarto colocado, que muitas vezes acaba com uma diferença de pontos muito grande”, disse de início.

Martelotte ainda exemplificou como essa “nova” Série C pode ajudar a reverter um resultado ruim na disputa. “Em dois jogos, às vezes um jogo ruim, você acaba perdendo a oportunidade do acesso e a chance de disputar o título. Agora fica mais justo com grupos, com seis jogos definindo uma classificação, às vezes você tem um dia ruim, mas uma chance maior de recuperar. Gosto mais dessa maneira”, reforçou.

O comandante aproveitou também para exaltar a força da torcida tricolor nas fases finais da competição. E comentou ainda uma melhor realidade para atingir a meta final, que é subir de divisão no Campeonato Brasileiro.

“No mata mata o Santa Cruz sempre teve apoio do torcedor, e fez disso uma arma, mas eu tenho certeza que com esse formato a gente vai ter uma condição de brigar ainda mais pelos nossos objetivos”, finalizou o treinador coral.

Para que time você torce?

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.