Santa encara Vila Nova para manter nível em início de dura sequência na Série C

O começo de uma sequência que vai demandar maior disposição técnica. Invicto há quatro partidas (três vitórias e um empate) e líder isolado do grupo A da Série C, o Santa Cruz, neste sábado, contra o Vila Nova, fora de casa, às 19h, dá o pontapé inicial para sua jornada de maior teste, até aqui, na Terceira Divisão.

Porque além do jogo com o Tigre, válido pela quinta rodada da competição, a Cobra Coral tem pela frente, nos próximos dois confrontos, o Remo, no Arruda, e o Manaus, fora de casa. Todos esses adversários com algo em comum: figuram na parte de cima da tabela. Enquanto o Leão é o terceiro colocado do grupo, o Manaus é o quarto.

Ou seja: concorrentes diretos do Santa Cruz. Um desafio, portanto, ainda maior a ser vencido pela equipe do técnico Itamar Schülle, que até agora vem se portando de forma equilibrada na Série C.

Para a partida, os corais ganham de volta três reforços importantes. Os zagueiros Danny Morais e Célio Santos, e o atacante Pipico foram liberados pelo departamento médico e estão à disposição do técnico Itamar Schülle contra o Vila Nova.

O único desfalque – e de peso – é a ausência do lateral direito Toty, titular absoluto na zaga, que não se recuperou de uma entorse no tornozelo e seguiu em Recife para continuar o trabalho de fisioterapia.

Sendo assim, a tendência é de que Pipico retome a vaga como centroavante, desbancando Victor Rangel, e que Célio Santos volte a atuar improvisado na lateral esquerda, como veio fazendo até antes de se lesionar.

No lugar de Toty, Augusto Potiguar é o mais cotado para preencher a posição. Por fim, o capitão Danny Morais deve voltar à zaga titular para fazer a dobradinha com William Alves na defesa.
O adversário
Na quinta colocação do grupo A da Série C e vindo de um empate sem gols com o Remo no Mangueirão, no último domingo, o Vila Nova volta os olhos para o Santa Cruz com o objetivo de vencer a segunda partida jogando em seus domínios. Inclusive depois de 21 dias sem jogar no Serra Dourada.

Velho conhecido do zagueiro Danny Morais, o técnico do Tigre, Bolívar – que dividiu os gramados com o capitão tricolor em 2008 pelo Internacional – vai ter à disposição o reforço do zagueiro Saimon, que cumpriu suspensão e disse estar ‘motivado’ para o confronto.
Ficha do jogo
Vila Nova

Fabrício; Jonh Lennon, Rafael Donato, Adalberto e Mário Henrique; Dudu, Pablo e Emanuel Biancucchi (Alan Mineiro); Lucas Silva, Henan e Talles (Rodrigo Alves). Técnico: Bolívar.

Santa Cruz

Maycon Cleiton, Augusto Potiguar, Wiliam Alves, Danny Morais e Célio Santos (Júnior), André, Paulinho e Didira; Chiquinho, Jaderson e Pipico. Técnico: Itamar Schülle.

Local: Serra Dourada
Horário: 19h
Árbitro: Emerson Ricardo (BA)
Assistentes: Ledes Jose Coutinho (BA) e José Carlos Oliveira (BA)