Grêmio se volta ao mercado interno para reforçar ataque

O Grêmio já não esconde de ninguém a intenção de contratar reforços para o restante da atual temporada — fala-se até em três atacantes e mais um lateral-esquerdo. Mas não terá, pelo menos por ora, a possibilidade de buscar estes jogadores fora do Brasil. Com a janela de transferências internacional fechada, o Tricolor passa a olhar o mercado interno ou jogadores livres para reforçar o time.

O nome de Everaldo, por exemplo. Como está no Kashima Antlers, do Japão, o centroavante só poderia ser inscrito a partir do dia 13 de outubro, quando o novo período para regularizar contratações se abre na CBF. A janela vai até 9 de novembro.

Outros jogadores cujos nomes chegaram a circular nos bastidores, como o lateral-esquerdo Jorge, do Monaco, vivem situação semelhante. O ex-Flamengo também tinha valores fora da realidade gremista. A exceção é de quem estiver sem contrato com clube algum. Neste caso, não há restrição para inscrições.