Guerrero marca, e Inter estreia no Brasileirão com vitória sobre o Coritiba no Couto pereira

Thiago Galhardo sai do banco e dá assistência para o peruano marcar o gol do 1 a 0 do Colorado neste sábado, em Curitiba

Resumão
Em um duelo de duas equipes que vinham de traumas por derrotas para seus rivais no estaduais, prevaleceu quem buscou mais o gol. Neste sábado, Inter venceu o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira e arrancou com três pontos na estreia no Campeonato Brasileiro. Guerrero marcou o gol da vitória colorada já no segundo tempo, após assistência de Thiago Galhardo

Na tabela
O Inter soma três pontos e é vice-líder do Brasileirão. O Coritiba dorme na vice-lanterna.

Agenda
O Coritiba volta a campo na próxima quarta-feira, às 20h30, para enfrentar o Bahia em Pituaçu, pela 2ª rodada do Brasileirão. O Inter recebe o Santos no Beira-Rio na quinta-feira, às 19h30.

Primeiro tempo
Coritiba e Inter travaram um primeiro tempo devagar, quase parando, no Couto Pereira. Os donos da casa começaram a partida com as linhas adiantadas e incomodou a saída de bola e o sistema defensivo do rival com a pressão inicial. Mas pouco a pouco o Coxa recuou, e o Colorado tomou conta da partida. A equipe de Eduardo Coudet teve mais posse de bola, mas faltou ser agressivo: abusou de cruzamentos e só ameaçou em dois chutes, com Saravia e Moisés. A melhor chance foi do Coxa: Galdezani acertou o travessão em chute do meio da rua.

Segundo tempo
Tão logo voltou do intervalo, o Inter ocupou o campo do Coritiba. A equipe tinha a bola e rondava a área, mas sem muita efetividade. Em uma rara infiltração, Patrick foi derrubado por Sabino dentro da área. O árbitro mandou o jogo seguir. Mesmo com o controle da posse, o Colorado não conseguia ser agressivo e abusava da bola aérea. Em um dos tantos cruzamentos, Guerrero serviu Pottker, que chutou sobre Wilson. O panorama mudou com a entrada de Thiago Galhardo. Em três minutos, ele deu a assistência para Guerrero marcar o gol da vitória. O Coxa pressionou. Desorganizado e em vão.

Preservado devido ao desgaste, Thiago Galhardo entrou em campo apenas no segundo tempo. E precisou de três minutos para mostrar por que é titular incontestável do Inter. Foi o tempo suficiente encontrar Guerrero livre dentro da área, após uma arrancada pela esquerda. O peruano não perdoou. Fez seu oitavo gol no ano. E Galhardo, a sexta assistência. Dupla afiada.

Faltou algo a mais
Do outro lado, o Coritiba pouco conseguiu produzir. O Coxa teve 10 minutos de pressão alta contra o Inter. E só. A equipe recuou as linhas e praticamente se limitou apenas a se defender até sofrer o gol de Guerrero. Depois disso, tentou ser agressiva, mas não conseguiu. Tanto que a melhor chance veio em chute de fora da área de Galdezani, ainda no primeiro tempo. A bola explodiu no travessão.