Campeão e vice, Salgueiro e Santa Cruz dominam seleção do PE

Campeão e vice do Campeonato Pernambucano 2020, Salgueiro e Santa Cruz dominaram a seleção do Estadual eleita pela editoria de esportes do Diario de Pernambuco. No time ideal escolhido pelos jornalistas, quatro jogadores pertencem ao histórico Carcará, primeiro campeão do interior, e seis ao Tricolor, que mesmo na segunda colocação acabou a competição de forma invicta (a derrota na final veio nos pênaltis). 

Por outro lado, finalistas do ano passado, Sport e Náutico decepcionaram em 2020 e com isso não conseguiram emplacar nenhum jogador na seleção do Pernambucano. O Leão foi eliminado ainda na primeira fase e teve que disputar o quadrangular do rebaixamento pela primeira vez, acabando com a sua pior colocação da história (7º lugar). Já o Timbu chegou às semifinais, quando foi eliminado pelo Santa Cruz, mas sem nunca convencer. Assim, coube ao surpreendente Afogados completar a time ideal eleito.

O equilíbrio entre Salgueiro e Santa Cruz começa logo no setor defensivo, com três jogadores tricolores sendo eleitos e dois do Carcará. Pelo lado coral, se destacaram o jovem goleiro Maycon Cleiton (eleito também a revelação do Estadual), o zagueiro Danny Morais (autor de três gols na competição) e o lateral direito Toty. Já pelo lado sertanejo, entraram o experiente zagueiro Ranieri e o lateral esquerdo Daniel Nazaré.

Com a seleção montada no esquema 4-3-3, o Santa conseguiu ter predomínio nas escolhas do meio de campo, com as eleições dos volantes André (que disputou com Maycon Cleiton o prêmio de revelação) e Paulinho. Maestro tricolor, Paulinho também foi eleito também o craque do Pernambucano 2020. Camisa 10 do Salgueiro, Renato Henrique fecha o setor.

No ataque, um jogador de cada time. Artilheiro da competição com seis gols, o tricolor Pipico foi lembrado, apesar das atuações apagadas nas finais (o ídolo coral segue sem títulos na carreira). Completam o trio ofensivo, Muller Fernandes, goleador do Salgueiro, com quatro gols, e Diego Ceará, que liderava a artilharia da competição pelo Afogados, com cinco gols, até ser negociado para o Boa Esporte durante a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus.

Para comandar a seleção do Pernambucano 2020, nada mais justo do que um técnico que fez história. O treinador português Daniel Neri superou Itamar Schulle e levou o Salgueiro ao seu primeiro título estadual. O primeiro de um clube do interior. Eternizado.
A seleção:
Goleiro: Maycon Cleiton (Santa Cruz)
Lateral direito: Toty (Santa Cruz)
Zagueiros: Ranieri (Salgueiro) e Danny Morais (Santa Cruz)
Lateral esquerdo: Daniel Nazaré (Salgueiro)
Volantes: André (Santa Cruz) e Paulinho (Santa Cruz)
Meia: Renato Henrique (Salgueiro).
Atacantes: Diego Ceará (Afogados), Pipico (Santa Cruz) e Müller Fernandes (Salgueiro).

Técnico: Daniel Neri (Salgueiro)
Craque: Paulinho (Santa Cruz)
Revelação: Maycon Cleiton (Santa Cruz)