Domènec deixa boa impressão inicial

O primeiro dia de Domènec Torrent como técnico do Flamengo foi intenso e longo. Chegou ao Rio no início da manhã e só foi embora do Ninho do Urubu depois das 20h30. Atencioso, receptivo e de fácil diálogo, deixou uma impressão muito positiva. Dentro da van que o levou do aeroporto ao hotel, já avisou: ele que tem que se adaptar ao clube, e não o contrário.

A adaptação passa necessariamente pelo idioma. Dome pediu que não tentem falar espanhol com ele. Seu objetivo é o mais rápido possível dominar o português e melhorar a comunicação. Para isso, por diversas vezes tirou dúvidas sobre palavras e pediu ajuda na pronúncia.

O catalão desembarcou no Rio de Janeiro por volta de 5h40 e foi direto para o hotel. De lá, após um breve descanso, seguiu para o Ninho do Urubu. Fez dois tipos de exame para Covid-19 (sorologia e RT-PCR), e ambos deram negativo.

O vice de futebol Marcos Braz fez um tour pelo CT, mostrou a parte de hotelaria, academia, piscinas, departamento médico, refeitório, área da imprensa e campos. Dome ficou muito satisfeito com o que viu. Fez elogios e comparou com a estrutura de grandes clubes da Europa.

Antes de sua entrevista de apresentação, ele ainda assinou os últimos papéis que estavam pendentes. Conheceu sua sala e fez alguns pedidos de objetos para seu uso no dia a di