Arthur pede rescisão e não deve voltar mais ao Barcelona

Negociado com a Juventus, Arthur pede rescisão e não deve voltar mais ao Barcelona


Volante passa dias de folga no Brasil e era aguardado no clube catalão nesta terça-feira, mas negocia fim do contrato e não ficará disponível para reta final do torneio continental

Há um mês sem entrar em campo pelo Barcelona, Arthur não deve mais jogar pelo clube. Negociado com a Juventus desde o fim de junho, o volante brasileiro era aguardado na equipe catalã para a retomada dos treinos antes da disputa da reta final da Liga dos Campeões, em agosto, mas não irá se apresentar. Ele negocia a rescisão de contrato.

O jornal “Sport” descreveu o fato como um ato de rebeldia do brasileiro, e outros veículos da Espanha repercutiram o assunto no mesmo tom. A imprensa no país indica que a diretoria do Barcelona deve encarar a postura do volante como indisciplina e, diante disso, estudar possíveis punições.

Ao ge, pessoas próximas ao jogador dizem que ele passou parte dos dias de folga após o fim do Campeonato Espanhol em Ibiza e depois foi para o Brasil, em Goiânia, onde sua família reside, e tem passagem de volta a Barcelona marcada para a noite desta segunda.

A reapresentação dele, em consenso com o clube, seria nesta terça, um dia após os demais jogadores do elenco. O protocolo da Uefa para a volta da competição prevê testes de coronavírus em todos os jogadores a partir desta semana. No entanto, Arthur não vai voltar ao Barça.

A pedido do brasileiro, seus advogados entraram em contato com Eric Abidal, secretário-técnico do Barcelona, e requisitaram a rescisão antecipada do contrato. Os cinco anos de vínculo com a Juventus do jogador valem a partir de setembro.

O ex-Grêmio, que faz 24 anos em agosto, sentiu que não seria mais opção do técnico Quique Setién no restante da temporada. O Barcelona encara o Napoli no dia 8 de agosto no Camp Nou e tem Busquets e Vidal suspensos e, mesmo com tais desfalques, o treinador não cogitou escalar Arthur, que não joga desde que assinou com a Juve.